Carta da assembleia geral de estudantes para ADUSP e SINTUSP solicitando a inclusão da pauta de aprovação imediata do programa de cotas raciais e sociais defendido pela frente pró-cotas da USP

Carta cotas adusp sintusp em pdf

Carta da assembleia geral de estudantes para ADUSP e SINTUSP solicitando a inclusão da pauta de aprovação imediata do programa de cotas raciais e sociais defendido pela frente pró-cotas da USP

Nós estudantes, desde o começo de nossa greve, estamos apoiando incondicionalmente a mobilização dos docentes e das trabalhadoras da USP, assim como suas reivindicações. Entendemos sim como essencial a unidade entre as categorias afim de conseguirmos garantir vitórias e melhorias.

Os eixos de nossa greve, decididos em nossos fóruns e referendados por nossas entidades organizativas são: aprovação imediata do projeto de cotas sociais e raciais defendido pela frente pró-cotas da USP, melhorias nos programas de permanência estudantil e mais vagas para Moradia (devolução do bloco K e L), pelo fim de todos os processos contra estudantes e trabalhadores e readmissão do trabalhador demitido e das estudantes expulsas, pela descontaminação imediata da EACH e contra as iniciativas de privatização e os cortes de verbas promovidos por Zago.

Sabemos e entendemos que estes eixos convergem sim com a luta das outras categorias. Entretanto, é com pesar que observamos que um destes – considerado como importantíssimo por nós – ainda não se encontra na pauta unificada do Fórum das Seis, pauta a qual é levada às mesas de negociação com o CRUESP. Trata-se da reivindicação de aprovação imediata do projeto de cotas sociais e raciais.

Assim sendo, gostaríamos de solicitar que a ADUSP e o SINTUSP se posicionem a favor da inclusão desta reivindicação, reconhecendo assim a importância e a legitimidade dos fóruns e entidades estudantis, seus debates e deliberações.

[O projeto pode ser lido em: http://www.uneafrobrasil.org/images/conteudos/PL_COTAS_MOVIMENTOS.pdf ]

Assembleia Geral de Estudantes reunida em 07.08.14