Arquivo diários:29 de outubro de 2013

Ata do Comando de Greve Geo/hist 28out13

 COMANDO DE GREVE GEO/HIST(28/10)

Criação do e-mail (Marcus)

Compra de microfone (Emilio)

Piquetar as atividades dxs professorxs (29/10 terça-feira) as 12h (Mari e Roberta)

Plenária dos 3 setores (29/10terça-feira) às 18h. Reunião do comando pré-plenária às 16h20.

Trancaço dos 3 portões da USP às 6h (29/10terça-feira).

DELIBERAÇÕES:

Proposta do comando a ser levada à Plenária: que todas as atividades doprédio sejam realizadas no vão livre, não no auditório ou sala de aula.

Não ter assembleia até a disponibilidade dos calendarios em ambos os cursos para fazê-la unificada.

CALENDARIO DO COMANDO: xs convidadxs presentes devem ser confirmadxs até sábado dia 02/10

TER 16H20 – Reuniao do Comando

18h – Plenaria dos 3 setores

QUA (30/10) → Atividade da pós-graduação.

18H Plenaria Departamental da Geo

QUI (31/10) → Atividade do quilombo e raça

18h Assembleia Geral

SEXTA (01/10) 14h-18h → Cineclube “ A experiencia Cruspiana” (Tati, Marina Hist, Marcus, Augusto)

SEG

(04/11) 16h → Reunião do Comando da Geo/Hist

18h → Indicativo de Assembleia Unificada

TER

(05/10) 15h → Atividade sobre permanencia. Convidadxs: Moradia Retomada (Augusto), Amorcrusp (Joyce).

QUA

(06/10) 15h → Repressão. Conidadxs: Jessica Trinca (Pedro), Canil (Tati), Sintusp (Hugo), Crusp

QUI

(07/10) 15h → Ocupações urbanas. Convidadxs: Ocupa Itapevi (Polvilho), Ocupa Esperança (Joyce), Remo (Hugo), Zona Sul (Pedro).

SEX

(08/10) 15h → Teatro do oprimido (tati)

20h → Festa da Greve – articular com bateria e atletica.

Manifesto em Apoio à Luta Estudantil

MANIFESTAÇÃO

Não nos enganemos. Vivemos um momento excepcional na FFLCH, relacionado ao movimento mais amplo de reivindicação de democracia e eleições diretas para reitor, na USP; de contestação do autoritarismo dos governos da cidade e do estado de São Paulo; de crítica às políticas de fundo neoliberal sempre em curso no Brasil. É um momento de crise econômica e política grave, que não permite tergiversações e conciliações aparentes, ao mesmo tempo em que abre a possibilidade de realizar as mudanças necessárias e há muito desejadas no quadro institucional existente. Diante desta grande oportunidade, impõe-se uma ação clara e decidida por parte dos que querem de fato superar o estado de coisas que a crise tornou inviável. Os que somos favoráveis a tais mudanças, temos de apoiar todo esse movimento, certos de que eventuais excessos serão corrigidos no seu próprio curso. O que não se pode é desviar a atenção por considerações externas que o paralisem ou retardem, nem por julgamentos de tipo moralizante que acabam servindo aos interesses políticos conservadores. No âmbito da FFLCH, o movimento começou com a greve dos estudantes, mas deve alcançar todas as categorias, interessadas do mesmo modo na ampliação do espaço de discussão e de decisão. Para isso, declaramos apoio irrestrito ao corpo discente mobilizado, deixando de lado diferenças, nesse momento secundárias.

Assinam:

Jorge Grespan – Departamento de História – USP

Heloísa Fernandes – Departamento de Sociologia-USP

Leila Hernández – Departamento de História -USP

Paulo Arantes – Departamento de Filosofia – USP

Otília Fiori Arantes – Departamento de Filosofia -USP

Ricardo Musse – Departamento de Sociologia -USP

Ruy Braga – Departamento de Sociologia – USP

Fabio Konder Comparato – Faculdade de Direito -USP

Henrique Carneiro- Departamento de História -USP

Marlene Petros – funcionária da FFLCH – USP

Renan Quinalha – aluno de pós – Faculdade de Direito – USP

Maria Silvia Betti – Departamento de Letras Modernas – USP

Francisco Alambert – Departamento de História -USP

Cilaine Alves Cunha – Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas – USP

Osvaldo Coggiola – Departamento de História -USP

Luiz R. Martins – Departamento de Artes Plásticas – ECA – USP

Eri Teruki Otsuka – Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada

Rodrigo Ricupero – Departamento de História -USP

Mauricio Cardoso – Departamento de História -USP

Valeria De Marcos – Departamento de Geografia -USP

Sean Purdy – Departamento de História – USP

Yuri Martins – aluno de Pós – Departamento de História – USP

Natan Zeichner – Fulbright-Hayes Scholar,Department of History – New York University

Marcos Silva – Departamento de História – USP

Jorge Luiz Souto Maior – Faculdade de Direito –USP

Zilda Márcia Grícoli Iokoi – Departamento de História – USP

Adma Muhana – Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas – USP

Helder Garmes – Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas – USP

João Adolfo Hansen – Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas – USP

Anderson Gonçalves – Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada – USP

Carlos Zeron – Departamento de História – USP

Leon Kossovitch – Departamento de Filosofia – USP

Homero Santiago – Departamento de Filosofia – USP

Antonia Terra – Departamento de História – USP

Lincoln Secco – Departamento de História – USP

Renato Queiroz – Departamento de Antropologia –USP

Luiz Roncari – Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas – Literatura Brasileira – USP

Jean Menezes –Departamento de Ciência Política e Economia – Unesp (Marília)

Paulo Yasha Guedes – Mestrando, Departamento de Filosofia – USPCristiane de Vasconcelos Lopes – Prolam – USP

Mauro Zilbovicius – Escola Politécnica – USP

E todos os que desejarem assinar